Dia Nacional da Juventude celebrou-se em Braga

Em Ano Europeu da Juventude, e imbuídos do espirito de celebração dos 10 anos Braga ter sido Capital Europeia da Juventude, Braga tem muitos motivos para celebrar o Dia Internacional da Juventude.

“A Juventude Não é Invisível”, iniciativa levada a cabo pela Juventude Cruz Vermelha, pretendeu dar Voz a todos os Jovens que quisessem deixar o seu testemunho, o sue manifesto, a sua Voz. A importância de se falar sobre saúde mental, acessibilidades, a inclusão dos jovens nas tomadas de decisão, mais espaços verdes, melhores transportes, foram alguns dos temas trazidos por muitos dos jovens que ao longo do dia passaram pelo púlpito instalado na avenida central e na Rua do Castelo. Com excelente adesão por parte dos jovens e as causas que tão bem defendem, provaram que não são de todo invisíveis e que têm uma Voz bem presente e ativa.

As piscinas municipais (Rodovia e Parretas), assim como as das freguesias que aderiram à iniciativa, tiveram uma excelente participação, com a entrada gratuita para todos os jovens até aos 30 anos. E foram muitos os jovens que aceitaram passar o dia de uma forma descontraída, beneficiando desta iniciativa.

O dia já ia longo, mas ainda contou com o Sunset no Centro da Juventude de Braga, organizado pela FAJUB – Federação das Associações Juvenis de Braga. Casa cheia para ouvir boa música do DJ João Couto e boas Conversas sobre Juventude. Assistimos ainda à inauguração do graffiti pintado por Cristina Militaru e o Gabriel Daradici, e não perdemos a oportunidade para experimentar o simulador de Fórmula 1!

Demos Voz e espaço aos Jovens neste dia que é o deles, dia 12 de agosto – Dia Internacional da Juventude.

E quem ganhou a etapa da Volta a Portugal em Bicicleta, na chegada a Braga foi o Luís Gomes, corredor da kelly – Simoldes – UDO

X