«Apresentados projectos vencedores do Orçamento Participativo de Braga»
15 NOV 2018

«Apresentados projectos vencedores do Orçamento Participativo de Braga»

 

São oito os projectos vencedores da quinta edição do Orçamento Participativo (OP) do Município de Braga, aos quais se juntam mais seis referentes ao OP Escolar. Mais uma vez, os Bracarenses responderam afirmativamente ao repto lançado pela Autarquia e mobilizaram-se para escolher os projectos que serão desenvolvidos durante o próximo ano.

Os projectos vencedores são: a requalificação dos balneários do ringue de Padim da Graça (82.600€), com 1.967 votos; o projecto ‘Idade Maior Braga Oeste’, Sequeira (85.000€), com 1.859 votos; o Centro Interpretativo dos Abades de Priscos (85.000€), com 1.255 votos; a cobertura do ringue desportivo de Oliveira (85.000€) com 1238 votos; a implementação de valências no rocódromo de escalada, Gualtar (84.800€), com 709 votos; a reabilitação da Escola do Padrão, Tadim (85.000€), com 518 votos; o projecto ‘APPACDM – Vamos dar cobertura a este projecto, Gualtar (85.000€) com 396 votos’; e a remodelação da Igreja Matriz Velha de Lomar (85.000€), com 343 votos.

O OP contou, este ano, com 12.263 participantes registados. Num universo de 73 projectos apresentados, passaram à primeira fase de votação 49 propostas, tendo sido registados 7.921 votos. Na segunda fase estiveram a votação 29 projectos, tendo sido obtidos 9.638 votos.
Os oito projectos eleitos abrangem várias áreas de intervenção municipal, nomeadamente desporto, saúde e bem-estar; ecologia, ambiente e energia; solidariedade e coesão social; equipamentos e espaços públicos; cultura e património; trânsito, mobilidade, acessibilidades e segurança rodoviária; e turismo, comércio e promoção económica.

«Orçamento Participativo Escolar»

O Município de Braga atribui uma parte do seu orçamento à comunidade educativa, através do Orçamento Participativo Escolar. A votação dos projectos aprovados no Orçamento Participativo Escolar para o ano lectivo 2018/2019 decorreu no Centro de Recursos Educativos, estando os directores dos 13 Agrupamentos e os representantes das respectivas associações de estudantes.

Dos 17 projectos a votação, os seis mais votados foram: “Espaço Multiusos da Escola EB2/3 de Tadim”, pelo Agrupamento Trigal Santa Maria (18.850€); “Requalificação do Campo das Laranjeiras”, pelo Agrupamento Dr. Francisco Sanches (18.867€); “Laboratório de Robótica e Programação”, pelo Agrupamento André Soares (7.304€); “Remodelação da Sala de Convívio dos Alunos, pelo Agrupamento Braga Oeste (15.065€); “Mochila guardada, Saúde cuidada”, pelo Agrupamento de Celeirós (19.850€) e “Espaços de outra aprendizagem”, pelo Agrupamento Alberto Sampaio (18.694.77€).

O OP Escolar representa um investimento na ordem dos cem mil euros.