Skills Lab
10 MAI 2017

Skills Lab

Podia ser só um programa para o desenvolvimento do emprego jovem, mas o Skills Lab é muito mais do que isso. Neste laboratório, prestes a arrancar a sua segunda edição, desenvolvem-se competências transversais que complementam a formação académica de jovens licenciados – as soft skills -, através de uma aprendizagem ativa. O prazo para candidaturas termina no dia 15 de maio e a segunda edição arranca já no dia 29.

Sensíveis à elevada taxa de desemprego jovem nacional, a Fundação Bracara Augusta, a InvestBraga e a Câmara Municipal de Braga, com o apoio da Bosch e outras empresas da cidade, juntam-se para apresentar a segunda edição do Skills Lab – evidenciando a importância da colaboração entre entidades públicas e privadas na resolução do desemprego jovem. A primeira edição decorreu entre maio e novembro do ano passado e a taxa de empregabilidade dos 25 participantes, logo após a conclusão do programa, ficou próxima dos 98%. Seis meses depois, 64% continua nas empresas inicialmente integradas, realçando a mudança sustentada nas situações de desemprego prolongado destes jovens. Sobre os restantes, sabe-se que estão a terminar as suas teses de Mestrado e Doutoramento e há até um caso de criação da própria empresa.

Na edição do Skills Lab 2017, mais 25 participantes integrarão um programa de formação até final de julho, com direito a uma bolsa para apoio das despesas inerentes à frequência do programa, graças à parceria com o IEFP. Durante a estadia no Skills Lab, há também sessões individuais de apoio e contacto permanente com empresas e profissionais, permitindo a validação e o desenvolvimento de competências a partir de contextos e desafios reais. Os interessados devem preencher o formulário de candidatura até dia 15 de maio, aqui: http://bit.ly/skillslab17. Após esta primeira fase de seleção, há ainda uma fase de entrevistas e uma sessão de esclarecimento, que será posteriormente agendada.